Prémio AproXima-te 2022

Na 2.ª Edição do Prémio AproXima-te, vamos apoiar e premiar ideias inovadoras, que permitam dar resposta às necessidades mais emergentes junto de pessoas que fazem Trabalho Sexual.

Apresentação do Prémio AproXima-te 2022

A 2.ª edição do Prémio AproXima-te vai atribuir um valor total de € 10.000 em prémios monetários, distribuídos da seguinte forma:

1.º Prémio: € 6.000 — Organização Vencedora
2.º Prémio: € 2.000 — Segundo Lugar
3.º Prémio: € 2.000 — Menção Honrosa

As duas entidades vencedoras serão as que obtiverem a classificação mais elevada na soma dos critérios de avaliação.

A Menção Honrosa será a entidade não vencedora, mas cuja candidatura seja considerada pela Organização, de especial relevância em inovação e contributo para a melhoria das condições de trabalho das pessoas que exercem Trabalho Sexual.

O Classificados X é o financiador do prémio e promotor das atividades do Plano AproXima.

As candidaturas à 2.ª edição decorrem de 26 de agosto de 2022 a 30 de outubro de 2022, conforme especificado no Regulamento do concurso.

Para mais informações consulte o Regulamento e o Formulário de Candidatura.

Regulamento
Candidaturas
Metodologia
Vencedores

Qual a finalidade do Prémio AproXima-te 2022?

Este prémio constitui-se como um apoio financeiro destinado aos projetos que apoiam trabalhadorXs do sexo e que pretendem implementar atividades, ou iniciativas inovadoras que contribuam para melhorar as respostas sociais existentes.

Objetivos do Prémio AproXima-te

  • Distinguir entidades ou projetos de base comunitária que prestam serviços essenciais a trabalhadorXs do sexo
  • Potenciar o trabalho em rede
  • Proporcionar a divulgação de práticas inovadoras implementadas nas equipas que atuam no terreno, para que possam constituir um incentivo a novos projetos em áreas equivalentes
  • Valorizar a inclusão de boas práticas nos projetos de base comunitária

Quais são as instituições elegíveis?

São elegíveis todas as organizações da sociedade civil, de âmbito regional ou local, que prestem serviços a pessoas que fazem Trabalho Sexual, seja no território Continental ou Regiões Autónomas.


Na impossibilidade de prestação de serviço direto em certas áreas de atuação, as instituições a concurso deverão fazer prova de parcerias com instituições que colmatam a inexistência desses serviços.

Quais as instituições que não são elegíveis?

Não são admitidas candidaturas de instituições que pertençam ao Serviço Nacional de Saúde, à Direção-Geral da Saúde (DGS), Administração Central do Sistema de Saúde (ACSS), I.P., Administrações Regionais de Saúde (ARS), Direção Regional da Saúde da Região Autónoma dos Açores e Secretaria Regional da Saúde da Região Autónoma da Madeira.

Informações adicionais

Qualquer dúvida relacionada com a candidatura deve ser enviada para [email protected].

O Plano AproXima garante a proteção e a confidencialidade dos dados das instituições ao abrigo do RGPD – Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados.