Reduzir Riscos

Lubrificantes e outras proteções

Índice

Para além dos métodos contracetivos, deves considerar ainda outros procedimentos adicionais para a tua proteção durante o ato sexual, que englobam produtos como lubrificantes, bandas e luvas de látex. Descobre abaixo como podes utilizá-los corretamente e para que servem.

Lubrificantes

O uso de lubrificante é extremamente importante, porque, para além de tornar a relação sexual mais confortável e prazerosa, também diminui o risco de que o preservativo escorregue e saia.

Deves optar por um lubrificante que seja compatível com o preservativo que vais utilizar e que não te provoque irritação.

Não te esqueças de guardar o lubrificante num local que não esteja exposto ao sol ou ao calor, tal como os preservativos. Podes optar por guardá-los juntos.

Índice

Os lubrificantes à base de água são os mais aconselhados. Lubrificantes gordurosos, como a vaselina, os óleos de massagem e os cremes ou loções hidratantes aquecem o látex e podem comprometer a eficácia do preservativo.

É sempre importante que uses lubrificante. Mas há situações em que o seu uso é quase indispensável:

  • Se começas a relação pelo sexo oral, a saliva vai retirar o lubrificante que já vem com o preservativo. Nesse caso, e se não tens oportunidade de substituir o preservativo para mudar de zona de penetração, deves colocar bastante lubrificante para garantires que o preservativo não enfraquece.
  • Numa relação sexual mais longa é compreensível que o preservativo perca lubrificante e fique mais desgastado. Aqui o ideal seria, também, trocar de preservativo. Mas como nem sempre é possível, abusa do lubrificante.
  • Numa relação sexual anal o lubrificante é imprescindível. O ânus é uma zona sem lubrificação natural e o sexo anal é uma prática mais vigorosa. Não usar lubrificante nesta prática sexual não só torna a relação sexual menos confortável (ou até dolorosa) como aumenta o risco de o preservativo rebentar. É importante relembrar que a prática anal é a prática com mais riscos na transmissão de infeções se não for devidamente protegida. Por isso mesmo, no sexo anal usa sempre um preservativo extra-forte e um bom lubrificante compatível.

Outros

Existem outros materiais que podem ser utilizados para a tua proteção.

Bandas de látex

As bandas de látex são retângulos de látex usados para proteger o sexo oral na vagina e/ou no ânus.

Estas funcionam como uma barreira entre a boca e a vagina e/ou o ânus, impedindo a transmissão de infeções como o herpes, o HPV, clamídia, gonorreia, entre outras.

Dificilmente encontrarás bandas de látex à venda nas farmácias e poucas equipas de distribuição de preservativos têm bandas para te dar. Podes fazer a aquisição de bandas de látex, por encomenda, através da internet.

Também podes fazer a tua própria banda de látex a partir de um preservativo externo ou interno:

1 – Desenrola o preservativo e corta a ponta com uma tesoura esterilizada.

2 – De seguida, corta o preservativo na vertical.

3 – Abre e já tens a tua banda de látex.

Para as usares, basta colocares lubrificante na zona onde queres que adiram e colocas a banda por cima. Se tu és X recetorX do sexo oral, certifica-te que a banda está sempre no sítio certo.

Luvas de látex

As luvas de látex também são um material importante para a tua proteção em certas situações da vida sexual.

Por exemplo, no caso da introdução de dedos ou fisting (penetração com a mão e antebraço) a luva protege a zona de penetração ao evitar o contacto direto da mão e das unhas com as paredes da vagina ou do ânus.

Para estas situações e para o feeting (penetração com o pé) também pode ser usado o preservativo interno.

Máscaras e viseiras

Atualmente enfrentamos outras preocupações que podem justificar o uso de máscara facial ou viseira durante a prestação de serviços sexuais.

O combate à pandemia COVID-19 e a prevenção da sua transmissão não é garantida, por si só, pelo uso destes materiais de proteção.

Outros cuidados são igualmente importantes, tais como a higienização das mãos, das roupas e de todos os espaços expostos ao vírus.